Acesse nossas redes

Mudança

Júlia Arruda assume Secretaria Estadual das Mulheres

Publicado

em

Foto: Raianne Miranda

O Diário Oficial do Estado publica nesta terça-feira (06) a nomeação da vereadora Júlia Arruda para comandar a Secretaria das Mulheres, da Juventude, da Igualdade Racial e dos Direitos Humanos (Semjidh). O anúncio foi feito no final do expediente do dia 5 pela governadora Fátima Bezerra, que enalteceu o trabalho realizado pela secretária Eveline Guerra em defesa das pautas da diversidade.

Júlia Arruda é publicitária e vereadora de Natal pelo PCdoB. No desempenho do seu quarto mandato como vereadora de Natal, se destaca pelo fato de ter sido a primeira mulher reeleita para a Câmara Municipal e também primeira a presidir – embora temporariamente – a Casa Legislativa da capital potiguar. Tem destacada atuação na defesa dos direitos das mulheres, das pessoas com deficiência, da criança e do adolescente.

Ela assume esse novo desafio com o compromisso de avançar nas políticas públicas afirmativas de inclusão, proteção e igualdade. “Estamos vindo para somar, contribuir para o fortalecimento dessas políticas públicas. Agradecemos o convite da governadora, do vice-governador e louvamos as iniciativas e trajetória da secretária Eveline, por tudo o que ela representa. Esperamos dar uma nova dinâmica à secretaria e fortalecer as políticas públicas. Vem aí o Agosto Lilás, o Dia de Combate ao Feminicídio”, enfatizou Júlia Arruda, lembrando que a pandemia potencializou muitas violações dos direitos das mulheres, das pessoas com deficiência, das crianças e adolescentes. “Tudo isso a gente só vai poder enfrentar com a adoção de políticas públicas. E é esse o intuito de minha presença na secretaria.”

“Temos a certeza do dever cumprido em defesa da sociedade, da população mais vulnerável. As mulheres, a juventude, os direitos humanos ganham com esse novo projeto, tendo à frente a vereadora Júlia Arruda. Estamos muito felizes porque na Câmara Municipal assume um jovem que tem um papel importante nesse momento político que estamos atravessando”, comentou Eveline.

Com a ida de Júlia para a Semjidh, assume o suplente Pedro Gorki, uma liderança jovem do movimento estudantil, que ganhou projeção nacional ao ser eleito no final de 2017, aos 16 anos de idade, presidente da União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (UBES), maior organização estudantil do país ao lado da UNE.

Publicidade
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 


Copyright © 2021 Gazeta do Oeste