Acesse nossas redes

Sem classificação

Prefeito de Caraúbas afirma que oposição mente ao propagar que ele está inelegível e que “falhas meramente formais” não comprometem sua candidatura

Juninho Alves confirma que contas foram reprovadas no TCE quando ele era presidente da Câmara Municipal, mas não ensejam inelegibilidade

Publicado

em

Foto: Reprodução caraúbasnews

Gilberto de Sousa

O prefeito de Caraúbas Juninho Alves(PSDB) assegurou que a reprovação de contas no Tribunal de Conas do Estado(TCE), quando ele foi presidente da Câmara Municipal em Caraúbas, não lhe coloca no rol de candidatos inelegíveis na atual campanha política.

Segundo ele, quando propagada esse tipo de informação, seus adversários mentem ao espalhar notícia falsa.

O prefeito de Caraúbas se pronunciou através de nota publica, quando ressalta que se faz importante esclarecer que a lista encaminhada à Justiça Eleitoral pelo TCE/RN não corresponde a rol de inelegíveis, mas de todos os gestores que tiveram contas reprovadas – sejam elas graves a ensejar inelegibilidade ou falhas meramente formais que não trazem qualquer consequência para possível candidatura eleitoral.

Reforça, ainda, que no seu caso, as contas reprovadas pelo TCE/RN, referentes ao exercício de 2006 enquanto Presidente da Câmara Municipal decorreram de falhas formais e, assim, não geram inelegibilidade.

O problema se dá em razão do acórdão(decisão) 76/2018, do Tribunal de Contas, sobre a rejeição da prestação de contas do primeiro bimestre de 2006, quando Junino Alves era presidente da Câmara Municipal. O processo cabe recurso.

 


Copyright © 2021 Gazeta do Oeste